• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Tomografia Computadorizada CONE BEAM NA ORTODONTIA

E-mail Imprimir

Através de uma única aquisição no protocolo de face completa pela Tomografia Cone Beam pode ser realizada a reformatação dos arquivos nos planos axial, coronal, sagital, gerando todas as imagens necessárias para o estudo, diagnóstico e plano de tratamento ortodôntico inclusive as imagens convencionais de cortes coronais panorâmicos e de telerradiografias sem distorções ou ampliações.

Pode ser realizada a reconstrução em 3D por volume das partes sólidas e translúcidas do crânio, permitindo a visualização de detalhes morfológicos inacessíveis na técnica convencional 2D.

A imagem tomográfica tem indicação indiscutível na Ortodontia pela possibilidade de avaliação da inserção radicular em relação à espessura/contorno do rebordo alveolar, imprescindível para definição dos limites da movimentação ortodôntica, sem riscos de fenestrações ou deiscências ósseas.

Também permite avaliar através de protocolos específicos, a morfologia dos elementos dentais, o posicionamento de elemento dental inerupto, a presença de patologias, reabsorções dentais ou ósseas, colaborando na definição de sítio de dispositivos de ancoragem temporária bem como na identificação de assimetrias do crânio.

O estudo das vias aéreas em 3D por transparência identifica o correto volume do espaço aéreo bem como indica a menor secção axial presente.

As imagens obtidas podem ser impressas em filme / papel fotográfico e gravadas em mídia digital para utilização em softwares diversos como o da Cefalometria Computadorizada.

 

 

Veja mais exemplos de Tomografias clicando AQUI

Voltar

 

Leia também

Radiografia Periapical:
Feita com a técnica do paralelismo, possibilita uma visão detalhada dos elementos dentais da região de incidência, espaço pericementário, lâmina dura e  tecido ósseo adjacente.
Entre outras indicações encontramos: pesquisa de cárie, sua extensão e comprometimento pulpar;  avaliação óssea do periápice dental;  avaliação do nível da crista óssea alveolar e tipo de reabsorção;  conhecimento da forma anatômica, número de raízes e condutos radiculares; avaliação das relações entre o germe dental e o elemento dental decíduo.

Leia mais...